0

Seu carrinho está vazio

O Guia definitivo de embutidos da Pirineus

agosto 20, 2021 3 min leitura

O Guia definitivo de embutidos da Pirineus - Marchezinho

Na seleção de delícias do Marché, contamos com um produtor de peso que nos proporciona a experiência de comer embutidos como na Espanha.

De origem catalã, a Pirineus é uma empresa brasileira e familiar de charcuteria que há três gerações comanda sua produção de embutidos artesanais de altíssima qualidade em São Paulo.

 

1. Embutidos fatiados

Embutidos curados e fatiados são uma opção prática e saborosa para lanches, sanduíches, tábuas de frios...  São deliciosos e prontinhos para servir. Mas como escolher? 

Embutidos fatiados Pirineus
Da esquerda para a direita da foto,  temos Lombo, Copa e Chorizo cantimpalo, três embutidos cheios de personalidade e bem diferentes entre si:

  • Lombo: produzido a partir de uma peça inteira de lombo suíno curado por 3 meses em câmaras de secagem, tem sabor mais suave e pouca gordura. É o mais "magro" dos três.
  • Copa: produzido a partir da sobrepaleta, um corte macio com uma bonita marmorização de gordura no interior. É curado por 3 meses com especiarias como cravo, noz moscada e canela, conferindo ao embutido um sabor característico e muito apreciado.
  • Chorizo cantimpalo: típico da cidade de Cantimpalos na província de Segovia, este salame é feito de carne e gordura de porco, sal, alho e o toque levemente picante do pimentón espanhol.

Mandamos os embutidos em porções de 90g, ideais para 2 a 4  pessoas. E se quiser aumentar o pedido, uma solução é pedir a Seleção de embutidos média, com um embutido de cada para conhecer e degustar!

 

2. Salames curados

Os salames curados passam por um processo de secagem natural que reforça os aromas, os sabores e as texturas da carne. O tempo de cura – que pode variar de 20 a 120 dias – e os temperos selecionados de cada embutido são os responsáveis por tornar esses embutidos curados legítimos e especiais.

Embutidos curados da Pirineus
Da esquerda para a direita, temos: 

  • Chistorra picante curada: ou Txistorra – é um clássico da região vasco-navarra, norte da Espanha. É parecida com o Chorizo cantimpalo, ou seja, levemente picante, porém embutida em tripa mais fina. Pode ser cortada em pedaços ou comida à mordisco.
  • Fuet: originário da região da Catalunha, o Fuet é feito com carne magra de porco, sal e pimenta. Tem sabor mais suave e por isso é o favorito das crianças.
  • Secallona: é uma versão mais fina do fuet. Pode ser cortado em pedaços e comida a mordisco. 

Quer pedir um de cada? Tem também na Seleção de Três Embutidos Grande!

 

3. Linguiça fresca

Categoria de item único, mas digno de nota!

Chistorra picante

Chistorra picante é uma linguiça fresca, ou seja, que não passa por processos de cura ou cozimento. Feita a partir de carnes selecionadas, tem sabor levemente picante, podendo ser feita no churrasco, frita ou assada.

Aqui na loja online, usamos a Chistorra picante no nosso Caldo verde e no Cassoulet de Pato, duas participações especiais que fazem toda a diferença no sabor final do do prato. Uma delícia!

 

4. Os diferentões

Salames, linguiças, embutidos fatiados... Esses podem até ter um sabor mais diferente, mas no geral, são conhecidos do grande público. Mas tem dois embutidos na Seleção da Pirineus que geralmente levantam dúvidas na forma de consumir. São eles a Sobrasada e a Morcilla.

Sobrasada

Sobrasada: tradicional da ilha de Mallorca, a Sobrasada é feita com gordura de porco e muito pimentón espanhol. De textura é cremosa e sabor levemente picante, e é ideal para servir como patê. É isso mesmo, já vem pronto: só romper a pele e servir em um pãozinho. Uma iguaria! Também pode ser usada com moderação para finalizar pratos.

Morcilla

Morcilla: tem quem ame e quem não queira saber dela! Mas o Marché recomenda: prove e depois se posicione, pois do contrário você pode perder a oportunidade de conhecer um sabor incrível. Morcilla é um embutido cozido, elaborado com carne selecionada de porco, cebola e sangue. Com sabor levemente adocicado, a Morcilla é outra iguaria ibérica que se popularizou no Brasil graças ao trabalho da Pirineus.

Para preparar a sua, grelhe a Morcilla na frigideira até a pele romper e está pronto! Também pode ser feita no forno ou na churrasqueira, fica uma delícia. Ela combina bem com sabores adocicados, como uma compota de maçã, e por aqui já usamos com muito sucesso até no recheio do pastel!

Por ser bem fresca e perecível, pedimos pequenas quantidades de Morcilla a cada vez. Portanto, se você é fã desse embutido, não deixa para depois que ele acaba rápido!

 

Muita coisa boa, né? E agora, mesmo que você nunca tenha provado, já dá para se arriscar e escolher um embutido para te fazer mais feliz em casa!


Emails de dar água na boca